terça-feira, 27 de maio de 2014

Eu sempre disse sim.

Um dia eu disse sim para a coragem. Virei a página de uma história banal para dizer sim para mim. Dizer sim, vou correr o risco e, sim, eu me responsabilizo. 

Eu disse sim para a imagem distorcida que se revelava de você. Eu disse sim para os seus defeitos, ainda que em todas as nossas brigas eu aja como se nunca tivesse dito sim. 

Eu disse sim para essa nova escrita embolada de uma história estranha de amor. Eu disse sim para a diferença de idade, tão insignificante hoje. Eu disse sim para os seus cabelos brancos e para seus fracassos amorosos anteriores. Eu disse sim, eu vou curá-lo.

Eu disse sim para esse medo que varria como vassoura velha meu coração doente. Eu disse sim para todos os arranhões. E disse sim para essa coisa torpe que parecia não dar em nada. Eu queria viver e vivi. Eu disse sim, ele vai me curar.

Eu gritei sim para nossas maiores brigas e as escolhi para serem minhas. Eu disse sim para os seus sonhos e os encaixei nos meus cochilos vespertinos. Eu disse sim para suas perdas e seus defeitos tão dolorosos em mim. Eu disse sim para a cruz e para a coroa de espinhos. Eu queria ser sua fé, seu lar doce lar. 

Eu disse sim quando você me revelou suas lágrimas e disse sim para nossa vontade de ter filhos. Eu disse sim para todos os dias que nos fizeram repensar, pois foram eles que nos impulsionaram para o dia seguinte. Eu disse sim para a dúvida e vivi a insegurança para, só depois, dizer sim à certeza da nossa verdade.

Eu disse sim mil vezes em minha mente. E muitas vezes você não as escutou. Eu senti o sim duas mil vezes e profanei o não. Eu senti muito por isso. Eu resgatei o sim.

Eu disse sim para a milésima tentativa e disse sim para mil lágrimas seguidas. Eu disse sim para a escolha e para o caminho espinhoso que eu teria que seguir. Eu disse sim para todo o esforço, para as renúncias e os ajustes.

Eu escrevi o sim muitas vezes nos nossos votos sentimentais de um matrimônio futuro. Eu pedi o sim com o olhar todas as vezes que sua voz firme me dava um não. 

Eu digo sim para você, pois sua imagem é afirmativa. Eu digo sim para você, pois ainda estou aqui. Meu sim é de ouro, guarde-o amarrado, amordaçado, exposto a todos os seus nãos, para que toda vez que uma negativa quiser enlamear nosso rio de leite do paraíso, ela se depare com o meu sim furtivo e esmoreça na fraqueza da sua falta de energia. 

Aqui só cabe sim; Sim pra mim; Sim, é você.


sábado, 24 de maio de 2014

Eu sou interesseira


Eu sou uma pessoa totalmente interesseira.

Quando eu olho para alguém ou ouço histórias ruins sobre uma pessoa, eu logo penso: "Não quero ser amiga dela" E, normalmente, não sou mesmo. 

Não adianta o falso sorriso, o aperto de mão forçado ou os dois beijinhos convenientes durante um encontro casual em qualquer lugar da cidade. Não adianta, moça, eu não vou me convencer. Eu só quero quem conhece a verdade e trabalha pra ela. Eu só quero quem olha de frente, detesto quem olha de canto. Eu só me interesso pelo sabor da tranquilidade de uma conversa do bem. Essa coisa mesquinha de falar por educação não presta! Sempre vou partir do pressuposto de que eu falo com quem meu coração quiser. E meu coração não quer gente como você!

Eu não ligo para signo, eu confio em escorpianos, por exemplo, apesar de todo mundo dizer que eles são falsos. Minha amiga mais antiga é de escorpião, ou seja, eu não ligo mesmo. Mas eu ligo para gente que não gosta de bicho, por exemplo. Ou melhor, eu desligo na cara! Não gostar de animais, para mim, é inversamente proporcional a ter um bom caráter. Acontece o mesmo com quem não gosta de crianças. Aí eu vasculho, pergunto ali e aqui para saber melhor. Sabe como é, né... Eu sou interesseira.

Sabe o que mais? Eu não gosto de gente que fala alto demais. Eu gosto de gente que conversa direito e, quando a conversa beira o rumo do humor, o tom sobe mil decibéis por conta das risadas!! Aí eu gosto! Mas gente que grita me bate o maior preconceito... Gente que quer aparecer mais do que a noiva, que quer roubar a atenção do namorado da menina, que quer posar disso ou aquilo, que divulga vida perfeita no instagram. Esse povo me dá calafrios. Aí eu fico observando... Eu fico medindo tudo na primeira impressão para ver se vou querer aquela pessoa na minha vida. Normalmente, eu não quero, mas quando alguém me interessa eu acho, mesmo, que descobri uma mina de ouro! Aí eu carrego água no cesto para essa pessoa nunca ir embora e gostar muito de mim. Sabe como é... Gente interesseira.

Ih... Eu quase nunca gosto de quem tem muitos amigos. Aquela máxima de que quem tem muitos amigos, não tem nenhum, é uma filosofia de vida para mim. E todas as vezes que eu me interessei em adicionar alguém na minha vida, essa pessoa sempre tinha poucos e MARAVILHOSOS amigos. Isso não pode ser coincidência. Essas pessoas são raras de se encontrar e de se conquistar. São leais aos seus, isso me encanta! Portanto, eu digo não a quem tem mil amigos no facebook, é seguida por dez mil desconhecidos no instagram só para ter curtidas, ou tira foto com uma galera diferenciada a cada fim de semana e não deve conhecer a mãe de nenhum deles, tenho certeza! As mães dos meus amigos são figuras! Tem Rai, dona Neuma, Tia Clotildes, Tia Bárbara, tem os irmãos das amigas que tiram sarro da gente ou que viram nossos amigos, tem os primos e tem os amigos que nossas mães consideram filhos! Gente assim eu quero pertinho!

Aí, no fim, eu sempre faço parte das emburradas. Palavra essa que eu nunca entendi direito. Parece uma pessoa que está burra momentaneamente, só por estar de cara fechada. Eu entro no recinto neutra, meus sorrisos são tão valiosos que é muito raro eu presentear alguém com a minha sinceridade aberta. Eu vejo quem está lá, eu vou tateando o local, fazendo um raio-x das pessoas e vendo onde vou me sentar, com quem eu quero conversar. E se só for um vão com idiotas, me sentarei comigo mesma e iniciarei meu Minions Rush feliz da vida atrás de baçãs. 

Sempre tem alguém que me julga anti-social, emburrada. Burra é você! Eu sou interesseira. E você não me interessa :)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...